Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

100 Borboletas no estômago

100 Borboletas no estômago

Dom | 22.03.20

100 Filtros

Tânia Garcia

A cada dia que passa vou tendo certezas da incerteza da aprendizagem.

Não tenho "estofo" para ser um ser humano como se quer em sociedade.

Sou demasiado de mim mesma para dar-me de mão beijada aos outros, só porque sim, só porque fica bem...

Sou uma embalagem sem rótulo.

Até desconfio já ter a validade (ex)pirada à muito.

Bem tento não me destacar tanto dos outros, mas parece que as dimensões paralelas onde habitamos não me deixam socializar em perfeita sintonia.

Sou (des)sincronizada com o dia a dia dito normal.

Gosto da loucura, do caos, das gargalhadas em momentos inoportunos, do humor negro a roçar a criminalidade das gerações, da descontração da vida.

Para complicada já basto eu em modo TPM.

Sou mais pelas causas que pelas coisas.

Levo uma ideia até ao fim e defendo-a com unhas e dentes qual leoa e cria.

Quando erro, admito! Se bem com muita dificuldade.

Aceito as falhas de  todos, menos as minhas.

Sou demasiado perfeccionista de mim mesma para admitir que falhei.

Dou o que tenho e o que não tenho para ver os meus bem.

Sem a mesma moeda de troca.

Também nunca fui boa a números.

Os meus pratos da balança serão sempre tortos.

Nada a fazer.

Esta sou eu...

Sem filtros...

100 maneiras de ser mulher.