Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

100 Borboletas no estômago

100 Borboletas no estômago

Dom | 22.03.20

Desfolhada de viver

Tânia Garcia

E eis que chega o Outono.
Pois é... já passou a Primavera florida,  o Verão de dias intermináveis e de pé descalço e agora damos a boas vindas ao Outono.
Damos as boas vindas ao pijama fresco, às mantas quentes, aos dias mais curtos, às noites mais longas, trocamos o chá gelado pelo quente. Aquela sopa ao fim do dia já sabe bem, assim como aquele copo de vinho sobre a bancada da cozinha enquanto nos aquecemos nos cozinhados e nas memórias. 
As folhas outrora viçosas agora começam a ceder à passagem do tempo, assim como todos nós que também teremos os nossos dias finais.
E o que era novo e verde agora veste-se de laranja e castanho.
Os dias esses serão mais cinzas, nas aquarelas das cores do dia a dia que vamos pintando.
Agora é tempo de trocar as carrinhas de gelado e dar lugar às castanhas assadas, aos cheiros de infância, à maçã assada com canela, ao pão quente pela manhã com uma dose de mimos de regresso às aulas.
Nem tudo se perde com o fim do Verão. 
Cada estação sabe a vida. 
Cada estação vive de si e dos outros.
Cabe-nos a nós vivê-la enquanto caminhamos neste mundo que tanto nos exige e (im)pressiona.
É nestas alturas que damos conta como o tempo corre connosco e que rápidos temos de ser para o acompanhar nestas idas e vindas.
Nem sempre é fácil.
Mas a essência é essa.
É aprender a dar valor aos pedaços de carinho que ficam pendurados no pescoço, às histórias que vamos escrevendo para se tornarem memoráveis no futuro. 
Cada um faz a sua parte e tem a sua parte. 
E o mundo gira.

E daqui a nada já é Verão outra vez. 

fall-maple-leaf-bicycle-photography-1080x1920.jpg